Oportunidade de bolsas de doutorado direto FAPESP em Eletroquímica Ambiental.


Resumo

A equipe de pesquisadores do Projeto Temático – FAPESP intitulado “Estudo e aplicação da tecnologia eletroquímica para a análise e a degradação de interferentes endócrinos: materiais, sensores, processos e divulgação científica” (Processo 2017/10118-0) está oferecendo 4 (quatro) bolsas de DoutoradoDireto da FAPESP. Neste projeto de pesquisa pretende-se desenvolver, avaliar e aplicar novos materiais em processos eletroquímicos (e associados) para a degradação eletroquímica de compostos com atividade de interferência endócrina (interferentes endócrinos), avaliando-se a eficiência desses processos e a identificação de subprodutos de degradação. Além disso, o projeto prevê o desenvolvimento de sensores eletroquímicos de análise para este tipo de composto e a divulgação científica dos conhecimentos produzidos tanto no meio científico quanto para a sociedade em geral, com atenção especial para alunos de escolas públicas.

Orientação Geral

As bolsas de doutorado direto destinam-se a alunos regularmente matriculados em programas de pós-graduação stricto sensu de instituições de ensino superior públicas ou privadas do Estado de São Paulo, sem o título de mestre, para o desenvolvimento de projeto de pesquisa que resulte em tese. Tendo em vista que as bolsas de pós-graduação visam principalmente a formação de novos quadros para o sistema de pesquisa do Estado, a FAPESP, na análise das solicitações de bolsa de doutorado direto, prioriza candidato que tenha recém-concluído a graduação, dentro do prazo normal de sua duração com excelente histórico escolar e, preferencialmente, estágio bem sucedido de iniciação científica. Referência: http://www.fapesp.br/bolsas/dd

São 4 (quatro) bolsas de doutorado direto vinculadas ao Projeto Temático, sendo oferecida uma (1) bolsa em cada um dos seguintes temas:

Tema I

Desenvolvimento de novos materiais eletrocalisadores para a aplicação em Processos Eletroquímicos Oxidativos Avançados (PEOA) de degradação de compostos orgânicos com atividade de interferência endócrina.

Orientador: Prof. Dr. Marcos R. V. Lanza

Instituição: Instituto de Química de São Carlos (IQSC) da USP

Local: São Carlos / SP

Tema II

Avaliação e aplicação de eletrodos de misturas de óxidos e de diamante dopado com boro para a degradação de compostos orgânicos com atividade de interferência endócrina.

Orientador: Prof. Dr. Artur de Jesus Motheo

Instituição: Instituto de Química de São Carlos (IQSC) da USP

Local: São Carlos / SP

Tema III

Síntese, avaliação e aplicação de eletrodos de filmes de diamante dopados com boro para a degradação de compostos orgânicos com atividade de interferência endócrina.

Orientadora: Profa. Dra. Neidenei Gomes Ferreira

Instituição: Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) do MCTI

Local: São José dos Campos / SP

Tema IV

Preparação, caracterização e utilização de eletrodos a base de carbono modificado com materiais avançados para a geração eletroquímica de H2O2 a partir da reação de redução de oxigênio e a sua aplicação na degradação de interferentes endócrinos.

Orientador: Prof. Dr. Mauro Coelho dos Santos

Instituição: Universidade Federal do ABC (UFABC)

Local: Santo André / SP 3

 

Inscrições

Os(as) candidatos(as) deverão entrar em contato diretamente o pesquisador responsável por um dos temas apresentados até o dia 05/12/2018 declarando o interesse na vaga e enviando os documentos requeridos:

TEMA I Prof. Dr. Marcos R. V. Lanza (marcoslanza@usp.br):

1) Histórico Escolar completo de graduação;

2) Currículo Vitae (ou link para o Currículo Lattes do CNPq);

3) Nome e e-mail de 3 (três) docentes que possam fornecer referências sobre o(a) candidato(a);

4) Preencher o formulário disponível no link https://drive.google.com/open?id=1_sGk8bgWPtMgCpVSRe8psNY9eHbz5Wr , devendo o(a) candidato(a) perfazer no mínimo 10 pontos para o ingresso no Programa de Pós-Graduação em Química do IQSC/USP.

Observações:

a) Na modalidade Doutorado-Direto, com bolsa FAPESP e perfazendo no mínimo 10 pontos, o(a) candidato(a) será aceito(a) no Programa de PósGraduação em Química do IQSC/USP.

b) O(a) candidato(a) passará à condição de bolsista após sua indicação aceita pela FAPESP. Maiores informações poderão ser obtidas no site do Serviço de Pós-Graduação do IQSC: http://spgr.iqsc.usp.br

TEMA II Prof. Dr. Artur de Jesus Motheo (artur@iqsc.usp.br):

1) Histórico Escolar completo de graduação;

2) Currículo Vitae (ou link para o Currículo Lattes do CNPq);

3) Nome e e-mail de 3 (três) docentes que possam fornecer referências sobre o(a) candidato(a);

4) Preencher o formulário disponível no link https://drive.google.com/open?id=1_sGk8bgWPtMgCpVSRe8psNY9eHbz5Wr , devendo o(a) candidato(a) perfazer no mínimo 10 pontos para o ingresso no Programa de Pós-Graduação em Química do IQSC/USP.

Observações:

a) Na modalidade Doutorado-Direto, com bolsa FAPESP e perfazendo no mínimo 10 pontos, o(a) candidato(a) será aceito(a) no Programa de PósGraduação em Química do IQSC/USP.

b) O(a) candidato(a) passará à condição de bolsista após sua indicação aceita pela FAPESP. Maiores informações poderão ser obtidas no site do Serviço de Pós-Graduação do IQSC: http://spgr.iqsc.usp.br

TEMA III Profa. Dra. Neidenei Gomes Ferreira (neidenei.ferreira@inpe.br):

1) Histórico Escolar completo de graduação;

2) Currículo Vitae (ou link para o Currículo Lattes do CNPq);

3) Nome e e-mail de 3 (três) docentes que possam fornecer referências sobre o(a) candidato(a);

4) O primeiro passo para a inscrição é realizar um cadastro no site do INPE. Para isso, basta acessar o link “Inscrição para Pós-Graduação” disponível http://www3.inpe.br/pos_graduacao/. Escolher o curso de Engenharia e Tecnologia Espaciais com área de concentração em Ciência e Tecnologia de Materiais e Sensores (ETE/CMS);

Observações:

a) Na modalidade Doutorado-Direto, com bolsa FAPESP e (a) candidato(a) será aceito(a) após análise e decisão do conselho geral do curso, no Programa de Pós-Graduação em ETE/CMS;

b) O(a) candidato(a) passará à condição de bolsista após sua indicação aceita pela FAPESP. De acordo com o item V, artigo 12 do Regimento ETE/CMS, os alunos aceitos para Doutorado Direto deverão obter 48 créditos, no mínimo, de acordo com os itens II, III e IV. http://www3.inpe.br/pos_graduacao/cursos/ete/arquivos/regimento_ cms_2018.pdf. Maiores informações poderão ser obtidas no site do Serviço de Pós-Graduação do INPE: http://www3.inpe.br/pos_graduacao/

TEMA IV Prof. Dr. Mauro Coelho dos Santos (drmcsa@gmail.com):

1) Histórico Escolar completo de graduação;

2) Currículo Vitae (ou link para o Currículo Lattes do CNPq);

3) Nome e e-mail de 3 (três) docentes que possam fornecer referências sobre o(a) candidato(a);

Observações:

a) Depois de aprovado o candidato e tendo sua bolsa aceita pela Fapesp, o mesmo passará pelos trâmites legais do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia / Química – UFABC para ser aluno regularmente matriculado.

b) O(a) candidato(a) passará à condição de bolsista após sua indicação aceita pela FAPESP.

Programa Bolsas de Verão do CNPEM recebe inscrições de estudantes universitários.


Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM) recebe no período de 3 a 14 de outubro de 2018 inscrições de interessados em participar da 28ª edição do Programa Bolsas de Verão, destinado a estudantes de graduação universitária, matriculados em cursos de áreas das Ciências da Vida e Ciências Exatas de instituições de ensino localizadas em países da América Latina e Caribe. O Programa estimula jovens com vocação para a pesquisa científica e o desenvolvimento tecnológico. Esta edição do Bolsas de Verão será realizada no campus do CNPEM em Campinas, interior de São Paulo, nos meses de janeiro e fevereiro de 2019.

Os estudantes interessados em participar do Programa devem se atentar aos requisitos para inscrição e à documentação exigida, informações que estão disponíveis no blog do Programa: pages.cnpem.br/bolsasdeverao, nos idiomas Português e Espanhol. Os alunos selecionados serão orientados – de modo individualizado – por um pesquisador e/ou tecnólogo qualificado de um dos Laboratórios Nacionais do CNPEM. A missão do estudante é desenvolver um projeto proposto pelo seu orientador e apresentar resultados em formas de comunicação oral (seminários) e comunicação escrita em forma de relatório final de pesquisa.

Dentre os benefícios ofertados a cada estudante selecionado incluem-se: passagem de ida-volta desde o local de origem até Campinas, hospedagem e alimentação. Leia mais sobre o que o programa oferece.

O CNPEM é uma instituição qualificada como Organização Social, que atua para cumprir metas fixadas em Contrato de Gestão com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). No CNPEM estão agrupados quatro Laboratórios Nacionais: o Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), o Laboratório Nacional de Biociências (LNBio), o Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE) e o Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano). Conheça o CNPEM.

Seleção de bolsistas de pós-doutorado (PNPD/CAPES) em Materiais na UNESP/Bauru.


O Coordenador do Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Materiais da Faculdade de Ciências da UNESP/Bauru, no uso de suas atribuições legais, torna público e estabelece as normas do processo seletivo para concessão de 3 (três) bolsas oferecidas pelo Programa Nacional de Pós-Doutorado/CAPES (PNPD/CAPES) com duração de até 36 meses nas modalidades A, B ou C previstas pelo respectivo Programa.

Período de inscrição: de 19/01 a 26/01/2018

Links úteis:

http://www.capes.gov.br/bolsas/bolsas-no-pais/pnpd-capes

Nota Pública da SBPMat.


O conselho e a diretoria da Sociedade Brasileira de Pesquisa em Materiais (SBPMat) vêm a público protestar veementemente contra os cortes no financiamento à pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação, endossando a posição adotada em nota recente pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e Academia Brasileira de Ciências (ABC).

Não se trata apenas de cortes para compensar queda de arrecadação ou para um ajuste fiscal, pois os cortes no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações atingem praticamente metade do previsto para o orçamento de 2017. Igualmente preocupante é a situação do CNPq, um dos órgãos mais importantes para o financiamento da pesquisa e tecnologia no Brasil, que corre o risco de interromper pagamento de bolsas e projetos em virtude de contingenciamento de seu orçamento.

O conselho e a diretoria da SBPMat exortam ao governo federal para agir com responsabilidade na preservação do sistema de ensino superior e de pesquisa do Brasil. Os cortes e contingenciamentos orçamentários ameaçam a viabilidade das atividades de universidades federais e centros de pesquisa nacionais, à semelhança do que já ocorre infelizmente com a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ). Os prejuízos podem ser irreversíveis.

A experiência de países desenvolvidos tem mostrado amplamente que não há desenvolvimento sócio-econômico sem educação e geração de conhecimento. A maneira como o governo federal vem tratando a educação e a ciência no Brasil pode comprometer nosso futuro.

Inscrições para o Programa Bolsas de Verão CNPEM.


O Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais – CNPEMrecebe, de 17 a 31 de outubro, inscrições de interessados em participar do 26º Programa Bolsas de Verão, destinado a estudantes de graduação universitária matriculados em cursos de áreas das Ciências da Vida e Ciências Exatas de instituições de ensino localizadas em países da América Latina e Caribe. O Programa estimula jovens com vocação para pesquisa científica e atividades de desenvolvimento tecnológico. O Programa ocorrerá em janeiro e fevereiro de 2017, no campus do CNPEM, em Campinas, Estado de São Paulo.

O CNPEM é uma instituição qualificada como Organização Social, que atua para cumprir metas fixadas em Contrato de Gestão com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). No CNPEM estão agrupados quatro Laboratórios Nacionais: o Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), o Laboratório Nacional de Biociências (LNBio), o Laboratório Nacional de Ciência e Tecnologia do Bioetanol (CTBE) e o Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano).

Os estudantes selecionados serão orientados – de modo individualizado – por um pesquisador e/ou tecnólogo qualificado de um dos Laboratórios Nacionais do CNPEM. A missão do estudante é desenvolver um projeto proposto pelo Orientador e apresentar resultados em formas de comunicação oral (seminários), comunicação escrita resumida e comunicação escrita em forma de relatório final de pesquisa. Dentre os benefícios ofertados a cada estudante selecionado incluem-se: passagem de ida-volta desde local de origem até Campinas, hospedagem e alimentação.

As orientações para habilitar-se como candidato ao 26º Programa Bolsas de Verão do CNPEM estão em www.pages.cnpem.br/bolsasdeverao

Seleção de bolsistas no CETENE em Biotecnologia e Nanotecnologia.


O Centro de Tecnologias Estratégicas do Nordeste – INT/MCTI (CETENE) está selecionando novos bolsistas para o Programa de Capacitação Institucional (PCI)  nas áreas de Biotecnologia e Nanotecnologia.

A modalidade de bolsa é PCI-D(A-E) e os valores e condições estão detalhados no RN-041/2013 do CNPq (Anexo II).

Os interessados deverão enviar o Currículo Lattes para ascom@cetene.gov.br até o dia 10 de novembro de 2015.

É vedada a utilização para fins de estudo em cursos de pós-graduação.

Oportunidade de bolsas de pós-doutorado junto ao DIMARE/INPE.


O grupo DIMARE (Diamante e Materiais Relacionados) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE– São José dos Campos) anuncia a disponibilidade de 2 (duas) bolsas de Pós-Doutorado Júnior (PDJ) do CNPq para início imediato, por um período de 12 (doze) meses, com possibilidade de prorrogação. Os bolsistas selecionados desenvolverão os seguintes projetos:

Projeto 1 – Incorporação de nano partículas no crescimento de filmes de DLC para aplicações Espaciais e Biológicas  (1 bolsa).

Projeto 2 – Estudo teórico-experimental da síntese de Diamante-CVD mono e policristalino visando aplicação em conversores termiônicos (1 bolsa).

Requisitos do candidato à bolsa PDJ

O candidato indicado para recebimento da bolsa de pós-doutorado júnior deverá atender aos seguintes requisitos:

a) possuir título de doutor há menos de 7 anos, quando da implementação da bolsa, no caso de proposta aprovada;

b) dedicar-se às atividades programadas;

c) não acumular a presente bolsa com bolsas concedidas por qualquer agência de fomento nacional;

Os interessados devem enviar um e-mail para o Prof. Vladimir Jesus Trava Airoldi (vladimir.airoldi@inpe.br) informando o link para o Currículo Lattes e em qual o projeto gostariam de trabalhar.

Oportunidade: bolsas para “máster” na Universidade de Valladolid (Espanha)


O “Máster en Química Sintética e Industrial” da Universidade de Valladolid (Espanha), coordenado pelos professores Pablo Espinet (espinet@qi.uva.es) e Juan Casares (casares@qi.uva.es) participa de um programa da Universidade de Valladolid e o Banco Santander, que oferece 25 bolsas, com prioridade para candidatos do Brasil e da Índia, para realização de “másters” nessa universidade.

Informações sobre as linhas de pesquisa do “Máster en Química Sintética e Industrial”, basicamente relacionadas com catálise, podem ser obtidas na página http://gircatalisishomogenea.blogs.uva.es/general-overview/

Prazo para enviar documentação: 24 de fevereiro.

Duração das bolsas: máximo 9 meses (a partir de agosto/2015)

Mais informações, edital e submissões: http://www.relint.uva.es/otrosProgramas/santander/inicio.asp

Chamada CNPq-CISB-Saab do Ciência sem Fronteiras: doutorado sanduíche e pós-doutorado na Suécia.


CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) em parceria com a empresa sueca líder em tecnologia nos segmentos aeroespacial, defesa e segurança civil, a SAAB – no âmbito da colaboração entre os governos do Brasil e da Suécia – e o CISB (Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro), instituição criada em maio de 2011 para promover iniciativas de cooperação em ciência, inovação e alta tecnologia entre os dois países, oferecem bolsas de estudo em pós-doutorado e em doutorado sanduíche, por um período de seis a doze meses, para pesquisadores brasileiros. As bolsas se destinam aos interessados em desenvolver projetos na Suécia nas áreas de Aeronáutica, Materiais e Produção, Eletrônica, Tecnologia da Informação e Comunicação e Sistemas de Engenharia Mecânica.

Esta já é a 4ª chamada aberta dentro do acordo CNPq-CISB-Saab. Os dez bolsistas provenientes da 2ª chamada de projetos já estão retornando ao Brasil e os selecionados da 3ª chamada já estão chegando à Suécia.

Confira aqui o folder de divulgação da 4ª chamada.
Para mais informações:

Processo seletivo para bolsas de pós-doutorado CAPES/PNPD no Programa de Pós-Graduação em Física da UFSC-Florianópolis.


O Programa de Pós-Graduação em Física da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC-Florianópolis) anuncia a disponibilidade de 4 (quatro) bolsas de pós-doutorado PNPD/CAPES, para o período de 2 (dois) anos, com possível prorrogação.  A mensalidade da bolsa é de 4.100.00 reais e o valor de custeio anual é de 12.000,00 reais.

O candidato pode atuar em linhas de pesquisa TEÓRICAS ou EXPERIMENTAIS, em uma das seguintes áreas: Astrofísica, Física Atômica e Molecular, Física da Matéria Condensada e Mecânica Estatística, Física Nuclear e de Hádrons, Física de Partículas e Campos.
Informações sobre os projetos e linhas de pesquisa:

– Duas (2) bolsas para o projeto “Fortalecimento das linhas de pesquisa do Programa de Pós-Graduação da Física da UFSC” link projeto

– Uma (1) bolsa para o projeto “Fronteiras da Física Teórica e Computacional” link projeto

– Uma (1) bolsa para o projeto “Nanotecnologia e Instrumentação Virtual” link projeto

Edital CAPES- PNPD institucional: Click aqui

Inscrições:

O candidato deverá enviar e-mail para  com os seguintes documentos*:

1) Curriculum Vitae Lattes atualizado;

2) Descrição de interesses científicos, incluindo projeto de pesquisa para o período (outubro/2014 a setembro/2016) com no máximo 10 páginas;

3) Nome e e-mail de duas pessoas para eventuais cartas de recomendação;

4) O candidato deve, no ato da inscrição, informar o título do projeto para o qual estará concorrendo.

*Toda documentação deve ser enviada em um único e-mail. Os documentos 1 e 2 devem ser anexados ao e-mail, ambos em formato pdf.

Período de inscrições: 26/08/2014 a 12/09/2014

Divulgação do Resultado: até o dia 22 de setembro de 2014.

Critérios para seleção:

Os candidatos terão sua documentação avaliada pelos seguintes quesitos:

– Potencial e domínio do candidato em sua área de pesquisa;
– Diversidade de sua formação;
– Qualidade e quantidade de sua produção intelectual;
– Autonomia e maturidade científica;
– Potencialidade de interação efetiva com os grupos de pesquisa do Programa.

Requisitos do candidato à bolsa (item 4.4 do Edital da CAPES)

O candidato indicado para recebimento da bolsa do PNPD deverá atender aos seguintes requisitos:

a)   ser brasileiro ou possuir visto permanente no País. No caso de candidato estrangeiro, este deverá estar, no momento da implementação da bolsa, em situação regular no País;
b)    estar em dia com as obrigações eleitorais;
c)    possuir em seu currículo Lattes qualificações que demonstrem capacitação suficiente para desenvolver o projeto;
d)    não ser beneficiário de outra bolsa de qualquer natureza;
e)    dedicar-se integralmente e exclusivamente às atividades do projeto;
f)     não ter vínculo empregatício (celetista ou estatutário);
g)    não ser aposentado ou encontrar-se em situação equiparada;
h)    estar apto a iniciar as atividades relativas ao projeto tão logo seja aprovada a sua candidatura pela respectiva agência;
i)   ter obtido o título de doutor há, no máximo, 5 (cinco) anos quando da implementação da bolsa, estando de posse do seu diploma. Em caso de diploma obtido em instituição estrangeira, este deverá possuir o reconhecimento de validação, conforme dispositivo legal;
j)     ter seu currículo atualizado e disponível na Plataforma Lattes.