Curso: Fundamentos de Microscopia Eletrônica de Transmissão


dsasasdasA Microscopia Eletrônica de Transmissão (TEM) é o principal método de análise estrutural e espectroscópica para o estudo de nanossistemas, e que pode atingir facilmente a resolução atômica. O curso visa dar uma introdução abrangente e atualizada à microscopia TEM no campo da ciência dos materiais. O nível das aulas corresponde a pós-graduação, e o curso é apropriado para alunos das áreas de ciências exatas e de materiais (engenharia, química e física).

O docente responsável será o Prof. Daniel Ugarte, reconhecido especialista nessa área a nível internacional. O curso estará associado a uma disciplina semestral (total 60 hs.) de pós-graduação do IFGW-UNICAMP e seguirá todas as premissas sobre qualidade, quantidade de horas e avaliação. A pandemia nos motivou a transformar nosso curso sobre microscopia TEM num curso “on-line” durante os 2do semestres de 2020 e 2021 para que possa ser aproveitado por estudantes de outras instituições.

Como a Universidade retornou as aulas presenciais, estamos realizando os trâmites institucionais para que a o curso possa ser acompanhado on-line por estudantes de outras instituições como alunos especiais (a confirmar). Por favor, entre em contato com o docente responsável para obter informações e manifestar seu interesse.

 

Em caso de dúvidas contate o docente: dmugarte@ifi.unicamp.br

Processo seletivo para professor do quadro principal.


O Departamento de Engenharia Química e de Materiais (DEQM) da Pontifícia  Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio) está iniciando processo de  seleção para contratação de um professor de tempo integral e dedicação  exclusiva para o Quadro Principal. Esta vaga será voltada para a área de  concentração em Materiais e Nanotecnologia com ênfase em Materiais para  Energia. Os seguintes tópicos na área de Materiais para Energia são  considerados elegíveis: materiais termoelétricos, materiais para células  solares inorgânicas, piezoeléctricos, supercapacitores, materiais para  baterias recarregáveis, materiais para geração e armazenamento de  hidrogênio e células a combustível. 

Os candidatos devem possuir graduação, mestrado e doutorado em  Engenharia de Materiais, Engenharia de Nanotecnologia, Física ou em uma outra área afim. Para candidatos estrangeiros que tiveram sua formação  realizada integralmente no exterior não será exigido o título de mestre. 

Será considerado para fins de pontuação o número de publicações unicamente  na área de Materiais e Nanotecnologia (em especial como primeiro autor e  especialmente nos tópicos de Materiais para Energia supracitados) assim  como o fator de impacto do periódico e a realização de pós-doutorado relativo  à área Materiais para Energia. Experiência de docência comprovada  (somente professor substituto, adjunto ou assistente) é desejável, mas não  eliminatória. O fator H e a média de publicações por ano, exclusivamente no  período entre 2017 e 2022, são fatores que serão considerados, juntamente  com depósitos de patentes e projetos de pesquisa agraciados, comprovadamente, pelas agências de fomento e/ou indústria, na condição de  Coordenador.  

O professor contratado deve possuir um perfil agressivo em pesquisa,  publicação científica e em internacionalização, sendo capaz de desenvolver  rapidamente sua linha de pesquisa de forma independente em um, ou mais, tópicos da área de Materiais para Energia citados anteriormente, mostrando,  ao mesmo tempo, a capacidade de interagir com os grupos de pesquisa já  existentes no DEQM. O professor deverá atuar, a partir do momento da sua  incorporação no quadro docente da Universidade, no ensino de graduação e  de pós-graduação (no mínimo 7 h semanais de dedicação ao ensino), de  acordo com os planejamentos acadêmicos realizados pelo Coordenador de  Graduação em Engenharia de Materiais e Nanotecnologia e pelo Coordenador  de Pós-graduação em Engenharia Química, de Materiais e Processos  Ambientais do DEQM. Além disso, deve ser capaz de orientar alunos de  iniciação científica, mestrado e doutorado, assim como participar, futuramente,  em órgãos colegiados do DEQM e atuar em outros cargos da estrutura  departamental. É esperado seu engajamento na atração de recursos  financeiros na forma de projetos de pesquisa financiados pelas agências de  fomento e/ou pela indústria. 

O salário inicial bruto é de R$ 13.154,44, a depender do enquadramento do  professor na carreira docente da PUC-Rio. O docente contratado estará  submetido a um período de estágio probatório que vai de 3 a 5 anos, para  comprovação de capacidade científica, de atração de projetos de pesquisa e  de ensino antes da aceitação final desse no quadro principal da universidade. 

Etapa 1. (eliminatória) 

  • Avaliação da documentação requerida (ver lista completa na página  seguinte). 
  • Avaliação do Curriculum Lattes ou Curriculum Vitae.
  • Avaliação de Projeto de Pesquisa exclusivamente em um dos tópicos de  Materiais para Energia supracitados, incluindo a viabilidade de sua  implementação e estratégias para obtenção de recursos para respectiva execução. 
  • Avaliação de um documento, de até 2 páginas, que relacione a  produtividade científica do candidato, nos últimos 5 anos (de 2017 a  2022), com o assunto de Projeto de Pesquisa. Além disso, o candidato  deve eleger um ou mais artigos de destaque, justificando essa escolha. 
  • Os candidatos estrangeiros poderão enviar seus documentos para  avaliação em inglês; nenhum outro idioma será aceito.

Etapa 2. Entrevista com a comissão de seleção.  

  • Apresentação do projeto de pesquisa num dos tópicos de Materiais  para Energia (até 25 min). 
  • Prova didática de um tópico na área de Transformações de Fasesa ser  sorteado (45 min). 
  • Os candidatos estrangeiros serão entrevistados e poderão fazer  apresentação em inglês. 

Fonte bibliográfica: D.A. Porter, K.A. Easterling, Phase Transformations in  Metals and Alloys, Chapman & Hall (os possíveis tópicos serão informados aos  aprovadas na etapa 1) 

Os candidatos estrangeiros e os brasileiros comprovadamente não residentes  no Estado do Rio de Janeiro poderão fazer as atividades da Etapa 2  remotamente. 

Documentação requerida (em cópia digitalizada): 

  • Currículo Lattes atualizado. Para estrangeiros Curriculum Vitae. • Diplomas pertinentes. 
  • Comprovante de experiência de docência se tiver.
  • Separatas dos artigos científicos publicados em revistas indexadas entre  2017 e 2022. 
  • Carteira de Identidade e CPF. Para estrangeiros, passaporte. • Projeto de pesquisa com plano de trabalho (máximo de 5 páginas). • Documento, de até 2 páginas, que relacione a produtividade científica do candidato, nos últimos 5 anos, com o assunto de Projeto de  Pesquisa.
  • Duas cartas de referência exclusivamente dos últimos  orientadores/supervisores enviadas exclusivamente de e-mails  institucionais. Outras cartas de recomendação não serão aceitas. 

Qualquer falta ou falha de documentos supracitados causará eliminação do  candidato. 

Prazo limite de inscrição: 07/07/2022 (com envio de todos os documentos  por meio eletrônico) 

OBS.: Os candidatos interessados devem enviar um e-mail, especificando  o assunto “PROCESSO SELETIVO DOCENTE DEQM – MATERIAIS PARA  ENERGIA”, com a documentação completa para deqm@puc-rio.br 

Previsão do resultado da Etapa 1: 18/07/2022 

O calendário da Etapa 2 do processo seletivo será disponibilizado aos  aprovados na Etapa 1 em tempo devido (previsão para as atividades da  etapa 2 é para 25 a 29 de julho de 2022).

Pós-doutorado em Células Solares de Perovskita


O grupo do Prof. Carlos F. O. Graeff da Faculdade de Ciências da Universidade Estadual Paulista (UNESP), em Bauru (Brasil), está em busca de 1 pesquisador de pós-doutorado. O prazo de inscrição para as vagas é 15/07/2022. Espera-se que os candidatos projetem, produzam e caracterizem células solares de perovskita (PSCs).

Sobre o projeto

O presente projeto visa compreender os mecanismos de degradação envolvidos em PSCs e encontrar soluções para superar os problemas de estabilidade desses dispositivos. Com base nesta premissa, serão investigados diversos aspectos químicos e físicos que incluem; síntese de diferentes materiais coletores de luz de perovskita, análise de fenômenos interfaciais e de defeitos, busca de materiais ótimos para camadas de transporte de elétrons e buracos, uso de novas técnicas promissoras para caracterização de materiais e dispositivos e novas configurações de dispositivos. Essas investigações convergirão para o objetivo principal deste trabalho que consiste em propor PSCs mais estáveis e eficientes.

Principais objetivos do projeto

I. Otimizar composições de perovskita para minimizar defeitos durante as etapas de cristalização e deposição de filmes finos.
II. Projetar novas camadas de transporte de elétrons e buracos como alternativas para os materiais usados atualmente de baixa estabilidade.
III. Caracterizar a estrutura, morfologia e propriedades ópticas de nanomateriais como componentes ativos em PSCs;
IV. Estudar defeitos e seus efeitos em PSCs usando técnicas espectroscópicas e elétricas avançadas, como espectroscopia de deflexão fototérmica (PDS) e foto-CELIV.

Requisitos e como se inscrever

– Doutorado em Física, Ciência e Engenharia de Materiais, Química ou áreas afins.
– Experiência na fabricação e caracterização de células solares de perovskita é necessário.
– Experiência em uma variedade de métodos de deposição de filmes (blade-coating, roll-to-roll, etc) serão avaliados positivamente.
– Experiência anterior com as técnicas de caracterização PDS ou CELIV é um diferencial.
– Conhecimento de inglês (fluente em escrita e fala).

Cada candidato selecionado receberá uma bolsa de pós-doutorado da Universidade de São Paulo Fundação de Amparo à Pesquisa (FAPESP) no valor de R$ 8.479,20 mensais e um fundo de contingência, equivalente a 10% do valor anual da bolsa que deverá ser gasto em itens diretamente relacionados à atividade de pesquisa

Os candidatos devem entrar em contato com o Prof. Carlos F. O. Graeff (carlos.graeff@unesp.br) com um breve declaração de interesse de pesquisa/carta de apresentação, um CV e informações de contato de 2-3 referências. Alunos em seu último ano de Ph.D. treinamento são incentivados a aplicar.

Bolsa de Pós-doutorado para Recém Doutor no Departamento de Física dos Sólidos da Universidade Federal do Rio de Janeiro.


Anunciamos a oportunidade de uma (1) PDR da FAPERJ (valor de R$ 4.100,00/mês) vinculada ao auxílio FAPERJ Jovem Pesquisador Fluminense #E-26/200.627/2022. A vigência da bolsa é de 12 meses, podendo ser renovável por mais 24 meses.

O bolsista atuará na área de Teoria, Modelagem e Simulação de Nanomateriais e o projeto será desenvolvido no Departamento de Física dos Sólidos da UFRJ. O projeto a ser desenvolvido terá ênfase no estudo de propriedades de materiais 2D com aplicação em catálise e em propriedades eletrônicas de células solares orgânicas.

Habilidades Técnicas de interesse:

(1) Teoria do funcional da densidade (DFT).

(2) Dinâmica Molecular.

(3) Aprendizagem de Máquina (será considerado um diferencial).

Habilidades necessárias:

Domínio da Língua inglesa (escrita, comunicação, apresentação de seminários), capacidade de trabalhar em grupo, capacidade de programação em fortran, C ou python.

Experiência com alguns dos códigos: Quantum Expresso, Vasp, Siesta, ORCA, LAMMPS, GROMACS ou similares.

INSCRIÇÕES:

Enviar e-mail para Dr. Graziâni Candiotto (gcandiotto@iq.ufrj.br), até 27/05/2022, com o título “Inscrição PDR-FAPERJ” e os seguintes itens:

● Curriculum vitae (CV).

● Cartas de recomendação (mínimo de uma e máximo de duas).

● Carta (de no máximo 1 página) descrevendo como sua experiência/atividades irão contribuir para as metas do projeto.

SELEÇÃO:

Esta oportunidade é aberta a candidatos de todas as nacionalidades. A análise do CV se baseará no histórico de publicações na área. Os candidatos poderão ser convidados para entrevista (pessoal ou videoconferência).

A implementação da bolsa será feita imediatamente após o término do processo seletivo.

O candidato deve ter defendido sua Tese de Doutorado há, no máximo, 5 anos. Outros requisitos e condições estão descritos no seguinte link: http://www.faperj.br/?id=13.4

 

 

Bolsa FAPESP de pós-doc em cerâmicas para próteses dentais.


Anúncio de oportunidade de bolsa Pós-Doutorado FAPESP vinculada a auxílio FAPESP Jovem Pesquisador fase 2 # 2021/06730-7.

O laboratório Cranium realiza a síntese de cerâmicas policristalinas inovadoras e desenvolve rotas de reciclagem de resíduos de blocos de zirconia resultando em materiais hidrotermicamente estáveis e resistentes mecanicamente para uso em prótese dental.

O bolsista atuará desenvolvendo métodos de síntese de cerâmicas policristalinas multicamadas, reciclagem de zircônia, infiltração graduada e caracterizações dos materiais.

REQUISITOS

– Experiência em: 1) síntese de cerâmicas policristalinas, infiltração graduada e/ou reciclagem de zircônia; 2) caracterizações microestruturais, mecânicas (estáticas e fadiga), análises fractográfica, de Weibull e de propriedades ópticas.*

* Será aceita como comprovação de experiência as publicações internacionais em periódicos de seletiva política editorial e alto impacto.

– Inglês fluente.

 Dedicação exclusiva ao projeto de pesquisa.

– Ttítulo de doutor há menos de 7 anos.

INSCRIÇÕES

Por e-mail para Prof. Estevam Bonfante – estevam.bonfante@fob.usp.br, até 08/05/2022, anexando o Curriculum vitae (CV).

SELEÇÃO

Esta oportunidade é aberta a candidatos de todas as nacionalidades. A análise do CV se baseará no histórico de publicações na área. Os candidatos poderão ser convidados para entrevista (pessoal ou videoconferência).

A bolsa terá a vigência de 24 meses (R$ 8.479,20/mês). A reserva técnica é de 15% do valor anual da bolsa.    

Vaga de pós-doutorado em Química de Materiais na UNIFRAN.


A Universidade de Franca (UNIFRAN) em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), oferece uma vaga de pós-doutorado para desenvolver formulações poliméricas para posterior aplicação na agricultura como sistema de liberação controlada.

Inscrição:
Enviar e-mail para eduardo.molina@unifran.edu.br com o título “Inscrição PD-FAPESP” e os seguintes itens:
A) Currículo Lattes e
B) uma carta formato word (ou pdf) de no máximo 1 página descrevendo como sua experiência/atividades irão contribuir para as metas do projeto.
Para mais detalhes ver em : https://fapesp.br/oportunidades/4892/

Bolsa FAPESP para Doutorado Direto em Crescimento e Caracterização de Monocristais na UNIFESP


Local: Grupo de Materiais Multifuncionais e Sensores (GMMS) / Instituto de Ciência e

Tecnologia / Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) / São José dos Campos – SP

O projeto, financiado pela FAPESP – MATERIAIS MULTIFERRÓICOS E FERROELÉTRICOS PARA CONVERSÃO DE ENERGIA: Síntese, Propriedades, Fenomenologia e Aplicações. (Processo FAPESP: 2017/13769-1), tem uma bolsa de Doutorado Direto para pesquisas em: Crescimento de monocristais multiferróicos e caracterização de propriedades ópticas para aplicações em piezofotônica.

Da aplicação e prazos:

A inscrição neste processo seletivo deve ser encaminhada para o seguinte endereço: mlente@unifesp.br

No campo “assunto” do e-mail deve constar a referência “Candidato a Bolsa de Doutorado Direto”. Os candidatos interessados devem enviar os seguintes documentos (como um único arquivo PDF):

a-) Histórico Escolar completo do seu curso de graduação (incluindo reprovações, quando for o caso);

b-) Currículo Vitae (com link para o Currículo Lattes do CNPq, atualizado);

c-) Nome completo e endereço de e-mail de 3 (três) docentes que possam fornecer referências sobre o(a) candidato(a).

  • Encerramento das inscrições: 15/04/2022;
  • Seleção do candidato: até 22/04/2022;
  • Início previsto das atividades: junho de 2022.

Perfil do candidato:

Desejável formação acadêmica em Física; Química; Engenharia de Materiais ou Engenharia Química. O candidato deve ter disponibilidade para realizar um eventual estágio no exterior.

Da Bolsa: http://www.fapesp.br/bolsas/dd

Destina-se a alunos regularmente matriculados em programas de pós-graduação stricto sensu de instituições de ensino superior públicas ou privadas do Estado de São Paulo, sem o título de mestre, para o desenvolvimento de projeto de pesquisa que resulte em tese.

A solicitação de bolsa de doutorado direto pode ser apresentada antes do término do curso precedente (graduação) ou quando de passagem do mestrado para o doutorado direto, respeitando-se os prazos definidos pela FAPESP, mas a apresentação dos comprovantes correspondentes à sua conclusão é imprescindível por ocasião da confirmação de interesse na bolsa.

A FAPESP, na análise das solicitações de bolsa de doutorado, prioriza candidatos que tenham recém-concluído a graduação, dentro do prazo normal de sua duração do curso, com excelente histórico escolar e, preferencialmente, com experiência comprovada de estágio de iniciação científica.

Observações:

1-) Para a implementação da bolsa, o candidato selecionado deverá:

a-) Ingressar como aluno regular no Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Ciência de Materiais             da        UNIFESP:      https://ppgecm.sites.unifesp.br/index.php/pt/processosseletivos/aluno-regular-processo-extraordinario b-) Ter a sua indicação como bolsista aceita pela FAPESP.

Dúvidas ou maiores informações:

Prof. Manuel Henrique Lente

E-mail: mlente@unifesp.br

FUNDEP contrata pesquisador na área de processamento de micro e nanomateriais.


PROJETO: Laboratório de Caracterização e Processamento de Nanomateriais da UFMG – LCPNano (FUNDEP: 27693 FAPEMIG)

Quantidade de vagas: 01 (uma) 

Atividades: 

O profissional selecionado deverá atuar no processamento e preparação de amostras de materiais,  incluindo semicondutores, materiais bidimensionais, polímeros, e amostras biológicas, utilizando  técnicas usuais de Sala Limpa (“clean room”), incluindo fotolitografia, litografia por feixe de  elétrons, evaporação de filmes finos, corrosão úmida e corrosão seca (por plasma) de materiais,  fabricação de contatos elétricos, dentre outras. O profissional também irá atuar no treinamento e  auxílio de usuários, manutenção de equipamentos e em projetos de prestação de serviço do  Laboratório. 

Pré-requisitos: 

Bolsa FAPEMIG (BDCTI-NÍVEL -I) 

  1. a) Possuir título de doutor em área compatível com as atividades previstas no projeto; ou 
  2. b) Possuir título de graduação, com no mínimo 6 (seis) anos de experiência de efetiva  experiência em atividades de pesquisa, desenvolvimento tecnológico ou inovação, relacionadas  com as atividades do projeto. 

É desejável que o candidato(a) tenha experiência de trabalho em ambiente de sala limpa (“clean  room”) e em processamento de materiais. É também desejável que o candidato tenha experiência  e conhecimentos de litografia e fabricação de dispositivos. O candidato(a) deve ter experiência  com sistemas de vácuo, preparação de amostras e deposição de filmes finos.

Informações importantes: 

  • Duração do projeto: 11 meses (com possibilidade de renovação). 
  • Horário de trabalho: de 8:00 às 17:00 horas – Carga horária de 40h semanais com  dedicação exclusiva ao Laboratório.  
  • Prazo para envio do currículo: 03/01/22 
  • Início previsto: JAN/2022 

Os interessados devem enviar seu currículo Lattes para o endereço eletrônico  (cv.lcpnano@gmail.com), com o título: [VAGA LCPNANO PROCESSAMENTO] – nome e  sobrenome do candidato. O currículo lattes deve estar atualizado e a comprovação dos 06 anos  de experiência em pesquisa ou inovação bem documentada. A seleção será realizada  primeiramente por meio de análise eliminatória dos currículos. Os candidatos aprovados nesta  etapa serão notificados por e-mail para marcação da entrevista.

Bolsa de Pós-doutorado em Estruturas de Domínios em Materiais Ferroicos


Áreas de conhecimento: Física da Matéria Condensada e Ciência dos Materiais Processo FAPESP: 2017 / 13769-1  

Título do projeto: 

MATERIAIS MULTIFERRÓICOS E FERROELÉTRICOS PARA CONVERSÃO DE  ENERGIA: Síntese, Propriedades, Fenomenologia e Aplicações. 

Área de atuação: Física da Matéria Condensada ou Engenharia Física Número de vagas: 1  

Início: Abril, 2022 

Investigador Principal: José Antonio Eiras 

Unidade / Instituição: Grupo de Materiais Ferroicos (http://www.gmf.ufscar.br/ ) /  Departamento de Física / Universidade Federal de São Carlos / SP-Brasil 

Prazo para submissões: 03-01-2022  

Localização: Rod. Washington Luís km 235, CEP: 13.565-905 – São Carlos – SP E-mail para submissão de propostas: gmf@ufscar.br 

Resumo: 

O projeto, financiado pela FAPESP, tem uma posição de pós-doutorado para investigação em “Estrutura de domínios e propriedades elétricas de nanoestruturas  multiferroicas e ferroelétricas”. Os principais objetivos do projeto são alcançar avanços  significativos, qualitativos e quantitativos, na síntese, caracterização, modelagem e  aplicações de materiais ferroicos nanoestruturados, visando potencializar suas  propriedades para aplicações em conversores de energias renováveis (mecânicas e  solar). Nanoestruturas monofásicas ou heteroestruturas ferroicas serão desenvolvidas  por método físico (RF-Sputtering) para com vistas em aplicações como conversores de  energia mecânica (eletromecânicos) ou solar (fotovoltaicos). A equipe multidisciplinar,  de pesquisadores, composta por vários grupos e instituições brasileiras, possui a  infraestrutura adequada para desenvolver todas as etapas necessárias para o  realização das atividades propostas. 

Da Bolsa: 

Duração: um ano (com possibilidade de renovação), dedicação exclusiva necessária. Início: o início das atividades está previsto para Abril de 2022. 

Perfil do candidato: 

PhD. em Física ou Engenharia Física. 

– Além do doutorado, é desejável que o candidato tenha pelo menos seis meses de  experiência profissional comprovada em um centro de pesquisa de excelência  internacional; 

– O candidato deve ter um forte histórico acadêmico e habilidades de comunicação  verbal e escrita, pelo menos em inglês. 

– O histórico das publicações é um dos itens avaliados; 

– É altamente desejável ter conhecimento prévio e experiência em: síntese de  nanoestruturas por métodos físicos e caracterização por técnicas físicas (condutividade  elétrica, microscopia de força atômica – AFM, Microscopia de Força de Piezoresponce PFM, espectroscopia de impedância entre outras). 

– Experiência na organização e entrega de resultados para alcançar objetivos em  tempos pré-estabelecidos é essencial. 

Aplicação: O pedido deve ser encaminhado para o Grupo de Materiais Ferroicos /  Departamento de Física / Universidade Federal de São Carlos / SP-Brasil, referência  Candidato a Bolsa de Pós-Doutorado – Propriedades de Domínios“, para o seguinte  endereço: gmf@ufscar.br

Os candidatos interessados devem enviar os seguintes documentos (em um único  arquivo PDF): 

1) Uma carta descrevendo seus interesses de pesquisa, na área da Bolsa de Pós Doutorado – Estrutura de Domínios em Materiais Ferroicos, e objetivos de carreira; 

2) O curriculum vitae; 

3) Uma cópia de suas publicações indexadas; 

4) Os nomes de pelo menos 3 pesquisadores como referências.

Data limite: 

As inscrições podem ser submetidas até 10 de Janeiro de 2022. 

Esta oportunidade está aberta a candidatos de qualquer nacionalidade (desde que  possuam o visto oficial exigido pela legislação brasileira, quando for o caso). O  candidato selecionado receberá uma Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de  R $ 7.373,10 por mês e um fundo de contingência para pesquisa, equivalente a 10 %  do valor anual da bolsa que deve ser gasto em itens diretamente relacionados à  atividade de pesquisa.

Bolsas FAPESP para Doutorado Direto.


Unidade / Instituição: Grupo de Materiais Ferroicos (http://www.gmf.ufscar.br/) /  Departamento de Física / Universidade Federal de São Carlos / SP-Brasil 

O projeto, financiado pela FAPESP – MATERIAIS MULTIFERRÓICOS E  FERROELÉTRICOS PARA CONVERSÃO DE ENERGIA: Síntese, Propriedades,  Fenomenologia e Aplicações (Processo FAPESP: 2017 / 13769-1),  

tem uma bolsa de Doutorado Direto para investigação em: 

“Síntese e Caracterização de Cerâmicas Ferroicas (Ferroelétricas e Multiferroicas)  Nanoestruturadas Sinterizadas Via “Spark Plasma Sintering – SPS” 

Da Bolsa: http://www.fapesp.br/bolsas/dd 

As bolsas de Doutorado Direto destinam-se a alunos regularmente matriculados em  programas de pós-graduação stricto sensu de instituições públicas de ensino superior  ou privadas do Estado de São Paulo graduados ou inscritos, sem o título de Mestre, para o desenvolvimento do projeto de pesquisa que resulte em tese. 

A solicitação de bolsa de doutorado direto pode ser apresentada antes do término do  curso precedente (graduação) ou quando de passagem do mestrado para o doutorado  direto, respeitando-se os prazos definidos pela FAPESP. A apresentação dos  comprovantes correspondentes à sua conclusão é imprescindível por ocasião da  confirmação de interesse na bolsa. 

A FAPESP, na análise das solicitações de bolsa de doutorado, prioriza candidatos que  tenham recém-concluído a graduação ou, excepcionalmente, iniciando o mestrado,  dentro do prazo normal de duração do curso, com excelente histórico escolar e,  preferencialmente, com experiência comprovada de estágio de iniciação científica e  participação em eventos científicos. 

Aplicação: 

O pedido deve ser encaminhado para o Grupo de Materiais Ferroicos / Departamento  de Física / Universidade Federal de São Carlos / SP-Brasil, fazendo referência à bolsa  

  1. a) “Candidato a Bolsa de Doutorado Direto – SPS Nano” 

para o seguinte endereço: gmf@ufscar.br.

Os candidatos interessados devem enviar os seguintes documentos (como um único  arquivo PDF): 

  1. a) Histórico Escolar completo de graduação (incluindo reprovações, quando for o  caso); 
  2. b) Currículo Vitae (com link para o Currículo Lattes do CNPq, atualizado); c) Nome e e-mail de 3 (três) docentes que possam fornecer referências sobre o(a)  candidato(a); 
  3. d) Documento comunicando o prazo previsto para a conclusão da graduação. 

Datas: 

* Encerramento das inscrições: 10/01/2022; 

* Seleção do candidato: até 21/01/2022; 

* Início previsto das atividades: abril de 2022. 

Observações: 

1) A(o) candidata(o) selecionado deverá se inscrever no Programa de Pós-Graduação em Física do DF/UFSCar (ppgf@df.ufscar.br, com cópia para  coord.ppgf@df.ufscar.br), mencionando ter sido selecionado para a Bolsa de  

Doutorado Direto “SPS Nano”, sob orientação do Prof. Dr. José Antonio Eiras. 2) Para passar à condição de bolsista o(a) candidato(a) deverá ter sido aceito pelo  Programa de Pós-graduação e sua indicação aceita pela FAPESP. O tempo necessário para a avaliação da proposta pela FAPESP é de cerca de 3  meses. 

Dúvidas ou maiores informações: 

Grupo de Materiais Ferroicos / DF-UFSCar 

E-mail: gmf@ufscar.br