Seleção para mestrado e doutorado em Materiais na UFSJ.


O programa de Pós-Graduação em Física e Química de Materiais da UFSJ está com inscrições do processo seletivo abertas nos níveis de Mestrado e Doutorado para início no Primeiro semestre de 2019. As inscrições vão até o dia 14/11/2018.

Prof. Victor Pandolfelli é reeleito para o advisory board da World Academy of Ceramics.


Prof. Victor Carlos Pandolfelli (UFSCar).
Prof. Victor Carlos Pandolfelli (UFSCar).

O sócio da SBPMat Victor Carlos Pandolfelli, professor do Departamento de Engenharia de Materiais da Universidade Federal de São Carlos (DEMa-UFSCar), foi reeleito membro do advisory board da Academia Mundial de Ciências (World Academy of Ceramics, WAC) para cumprir seu segundo período de 4 anos (2018 a 2022). No board, o pesquisador brasileiro será, juntamente com o professor Gary Messing (Penn State) e o doutor M. Singh (NASA), representante das Américas.

Para compor o advisory board da WAC, é necessário ser membro da Academia e ser eleito em votação envolvendo todos os membros da mesma região do planeta (neste caso, o continente americano). Os nomes dos mais votados devem ser endossados pela presidência da Academia. Para ser membro da WAC, é necessário passar por um processo de seleção que inclui a indicação por dois membros efetivos, a avaliação da candidatura por um comitê de pares selecionados pela Academia e a aprovação final de pelo menos dez entre os doze membros do advisory board.

De acordo com o professor Pandolfelli, algumas das atividades que ele realizará no conselho nos próximos quatro anos são: revisar as regras de admissão na WAC, definir os membros que participarão dos novos processos de seleção dos candidatos, definir a temática e palestrantes para apresentação técnica e premiação no fórum científico para os membros da Academia.

A posse e primeira reunião do novo conselho serão realizadas em junho próximo em Perugia (Itália) na Itália.

Prof. Victor Pandolfelli (DEMa – UFSCar) eleito membro honorário da Sociedade Europeia de Cerâmica.


Cerimônia de entrega do título de Honorary Fellow da European Ceramic Society (ECerS), no jantar de encerramento da "15th Conference and Exhibition of the ECerS", em Budapeste. Pandolfelli é o terceiro a partir da esquerda.
Cerimônia de entrega do título de Honorary Fellow da European Ceramic Society (ECerS), no jantar de encerramento da “15th Conference and Exhibition of the ECerS”, em Budapeste. Pandolfelli é o terceiro a partir da esquerda.

O professor Victor Carlos Pandolfelli, do Departamento de Engenharia de Materiais da Universidade Federal de São Carlos (DEMa-UFSCar) foi eleito membro honorário (Honorary Fellow) da European Ceramic Society (ECerS).

O estatuto dessa sociedade determina que apenas cientistas da Comunidade Europeia podem ser eleitos membros. Para que pesquisadores de outras regiões também pudessem ser reconhecidos pela sua contribuição científica na área de materiais cerâmicos, criou-se em 2017 o título de Honorary Fellow.

Neste primeiro processo seletivo que ocorreu por votação interna do Conselho da ECerS, sem conhecimento dos candidatos, o professor Victor Carlos Pandolfelli foi o primeiro latino-americano escolhido para esta honraria. Constaram também da lista dos membros honorários o professor Gary Messing (Penn State, EUA), o doutor M. Singh (NASA, EUA) e o professor M. Yoshimura (Instituto de Tecnologia de Tóquio, Japão, e Universidade de Taiwan).

 

 

 

Seleção para mestrado e doutorado no PPGCEM-DEMa-UFSCar.


Está disponível na página da PPGCEM – DEMa -UFSCar o Edital para seleção de mestrado/doutorado (aluno regular e especial) para 2017.

Oportunidade para as seguintes áreas (mestrado/doutorado):

– Tratamento superficial em vidros óxidos por meio de lasers de alta potência

– Crescimento de Cristais por fusão a laser

– Dispositivos sensores

 

Prof. Victor Carlos Pandolfelli (UFSCar) eleito editor-in-chief do periódico Ceramics International.


Victor Carlos Pandolfelli.
Victor Carlos Pandolfelli.

O professor Victor Carlos Pandolfelli, do Departamento de Engenharia de Materiais da Universidade Federal de São Carlos (DEMa-UFSCar) foi escolhido e assumiu como um dos editors-in-chief da Ceramics International.  O periódico, divulgado globalmente, é publicado pela Elsevier e tem 41 anos de história. Atualmente tem uma taxa de aceitação de 25% dos artigos submetidos. É classificado como A1 pela CAPES em várias áreas de avaliação.

Pandolfelli concluiu o doutorado em Leeds (Reino Unido) em 1989 e fez pós-doutorado na École Polytechnique de Montreal (Canadá) em 1996 e 1997. É professor titular do DEMa-UFSCar, membro titular da Academia Brasileira de Ciências, membro titular da World Academy of Ceramics, fellow da American Ceramic Society, membro titular da Academia Nacional de Engenharia e guest professor da Wuhan University of Science and Technology (China). É membro do conselho da World Academy of Ceramics (2014-2018), membro do conselho técnico internacional da Morgan International (Inglaterra) e coordenador latino-americano da FIRE (Federation for International Refractories Research and Education), que envolve 10 universidades em diferentes países e 17 empresas líderes na área de refratários. É autor de 480 artigos publicados em periódicos científicos e 2 livros. Recebeu 12 prêmios internacionais.

Gente da nossa comunidade: pesquisadores do DEMa-UFSCar ganham dois prêmios da Petrobrás na área de materiais refratários.


Os pesquisadores da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Dra. Mariana de Albuquerque Lima Braulio e Dr. Eduardo Prestes, ambos orientados pelo Prof. Dr. Victor Carlos Pandolfelli, do Departamento de Engenharia de Materiais (DEMa -UFSCar), foram contemplados com premiações concedidas pela empresa Petrobras.

O primeiro deles foi o “Prêmio Inventor 2013”, em decorrência do depósito de patente realizado no INPI (BR 10 2012 030520-8), intitulada “Sistema refratário nanoestruturado de elevada resistência a erosão e ao choque térmico”, de autoria de Eduardo Prestes, Mariana A. L. Braulio, Victor C. Pandolfelli (UFSCar) e Jorivaldo Medeiros, Daniel Telhado, Jordana Veiga (Petrobras). A solenidade de entrega ocorreu no Cenpes da Petrobras.

Já a segunda premiação se trata do “Prêmio Petrobras de Tecnologia 2013”, concedido à Mariana A. L. Braulio e Victor C. Pandolfelli, pelo trabalho “Macromercado para nanomateriais: aumentando o desempenho operacional das unidades de craqueamento catalítico (UFCC)”. O trabalho foi selecionado como o melhor na categoria doutorado no tema de tecnologia de refino e petroquímica.

Ambos os trabalhos envolveram o desenvolvimento de cerâmicas refratárias nanoestruturadas, cuja finalidade principal é o aumento de disponibilidade operacional das UFCCs. Como o lucro cessante associado a uma parada de produção pode alcançar valores próximos a US$ 500.000/dia por UFCC, esforços para se maximizar o tempo de campanha e minimizar as paradas destas unidades são essenciais. Uma vez que um dos aspectos que limitam as campanhas é a baixa vida útil dos refratários, materiais nanoestruturados de elevado desempenho foram desenvolvidos e estão em teste em escala piloto desde 2011 na Revap (Refinaria Henrique Lage da Petrobras), visando a extensão da vida útil dos equipamentos e maior segurança operacional.