Oportunidade para doutorado Brasil – França em transformação de fases em ligas Fe-Ni-C.



Dentre as ligas metálicas, o aço, uma liga que tem no ferro seu principal constituinte, é a de maior importância tecnológica e por isso mesmo é a mais estudada em nível experimental e teórico. O níquel é um dos principais elementos de liga utilizados em ligas ferrosas voltadas para aplicações em condições extremas, tais como em reservatórios e tubos para o transporte de gás natural liquefeito (que requer temperaturas inferiores a 100 K). O carbono, por sua vez, é normalmente encontrado em solução sólida em sítios intersticiais na matriz de ferro, ou segrega para defeitos extensos, como discordâncias (formando as assim chamadas “atmosferas de Cottrell”) e contornos de grãos, tendo reconhecida influência nas propriedades mecânicas dos aços. O trabalho de doutorado aqui proposto consistirá na utilização de técnicas experimentais não-destrutivas (ruído de Barkhausen, dilatometria, potencial termoelétrico, microscopia) e métodos teórico-computacionais multi-escala (dinâmica molecular, Monte Carlo, “phase field”) no estudo das transformações de fases em ligas Fe-Ni-C, com foco inicial na transformação martensítica, de especial relevância tecnológica. A maior ênfase no trabalho experimental ou teórico-computacional dependerá das aptidões do candidato selecionado, mas a disposição para ambos é fundamental para o projeto.

O estudante realizará seu trabalho de tese, num primeiro momento, no Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (onde também cursará as disciplinas do Doutorado) e, num estágio posterior, na École Nationale Supérieure de Chimie de Lille e/ou no Institut National des Sciences Apliquées de Lyon, na França. A estadia do doutorando na França, por um período que pode variar de 12 a 18 meses, será inteiramente financiada pela cota de bolsas de doutorado-sanduíche do projeto CAPES-COFECUB e constitui uma valiosa oportunidade de experiência internacional.

Perfil do candidato: formação em nível de graduação em Engenharia, Matematica, Física ou Química, com Mestrado. Brasileiro ou estrangeiro com residência permanente.

Aos interessados favor contatar o Prof. Hélio Goldenstein (hgoldens@usp.br), coordenador brasileiro do projeto, e Roberto Veiga (rgaveiga@gmail.com).


Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *